blog_origem-desenho
Origens do Desenho
19 de setembro de 2017
como-escolher-cor-marca
Como escolher as cores da sua marca
12 de abril de 2018
Exibir tudo

Dicas de Iluminação

 

por Márcia Costa


Em estúdio, devemos tomar alguns cuidados na hora de iluminar certos produtos ou pessoas. Vejamos:

  • Fotografar uma pessoa com roupa branca em um fundo branco: A luz de fundo deve ser +/- 2 pontos a mais que a luz principal.
  • Para fazer um fundo branco ficar cinza é só tirar a luz de fundo. O tom de cinza dependerá da distância desta luz. Podendo até ficar preto, se não tiver luz nenhuma.
  • A luz de cabelo pode ser maior que a luz principal. Vai depender do contorno que se pretende dar ao assunto.
  • Para que os fundos coloridos fiquem claros, a iluminação do fundo deve ser maior que a principal. E menor que a principal para que eles fiquem em tons mais escuros.
  • Tenha cuidado com a iluminação em fundo branco. Este é muito reflexivo, e sua volta pode gerar névoa no assunto, caso este esteja muito próximo ao fundo.
  • Para eliminar sombras abaixo do queixo, podemos usar um rebatedor no colo do modelo.
  • Para realçar os olhos do fotografado podemos usar uma luz de enchimento que pode ser feita com um snoot. Só tenha cuidado para não ficar mais forte que a luz principal.

Na hora de fazer um retrato devemos também ter cuidado com algumas características proeminentes do modelo. Não existe nenhuma fórmula técnica para isso, mas o fotógrafo deve ficar atento para identificar as melhores característica e as piores também. Para saber o que deve ser suprimido ou evitado.

  • Compare o rosto inteiro com o perfil.
  • Pessoas com olhos grandes e bem espaçosos, um retrato de frente com o modelo olhando diretamente para a câmera, poderá tirar melhor proveito deles.
  • Nariz e queixo bem proporcionados podem gerar boas fotos de perfil.

Algumas características, proeminentes, podem ser suprimidas pela escolha do ângulo e da iluminação adequada.

  • Uma iluminação lateral afina o rosto. Luz frontal arredonda.
  • Um nariz é menos proeminente se visto de frente com luz difusa frontal.
  • Orelhas grandes ficam menos visíveis em ¾ de perfil.
  • Dobras na pele do pescoço ou queixo duplo, podem ser eliminados fazendo com que o modelo levante um pouco a cabeça e estique um pouco o pescoço em direção a câmera.

De modo geral, a luz difusa é a mais adequada. Sobretudo se usada numa posição frontal e colocada um pouco mais alta do que o modelo. Não quer dizer que esta luz seja a melhor em todos os casos, mas certamente a mais segura. O backlight (iluminação do fundo) pode valorizar um retrato, delineando melhor os cabelos e a forma da cabeça, destacando o modelo do fundo.


_________________________________________________
Fotos: Tom Bol (topo) Gavin Hoey (lateral)


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *